notícias

22
AGO
2014

Criação de empregos teve pior julho dos últimos 15 anos

Empregos JulhoNa parcial de janeiro a julho, a criação de empregos recuou 30,3% em relação ao mesmo período do ano passado, conforme divulgou nesta quinta-feira (21) o Ministério do Trabalho, com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).

O setor que liderou a criação de empregos formais nos seis primeiros meses deste ano foi o de serviços, que inclui trabalhadores como vendedores de lojas, garçons, corretores de imóveis e motoristas. O comércio fechou 50.065 vagas formais no período, contra 3.324 nos sete primeiros meses de 2013.

 

Veja na tabela abaixo como foi a criação de empregos com carteira assinada nos sete primeiros meses de 2014 e de 2013.

Empregos Setores

 

Quatro das cinco regiões do país registraram crescimento do emprego formal: Sudeste (338.832), Sul (173.274), Centro-Oeste (101.156) e Norte (29.589). A Região Nordeste registrou o fechamento de 10.627 empregos com carteira assinada nos sete primeiros meses deste ano.