notícias

11
JAN
2013

Pequenas empresas geraram mais de 90 mil empregos

As MPEs geraram 90.950 mil postos de trabalho em novembro de 2012, segundo levantamento divulgado pelo Sebrae com base nos dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregado) do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego).

Nos últimos 12 meses os pequenos negócios apresentaram um saldo líquido de 1,36 mil contratações, o que representa uma expansão de 3,57% do contingente de trabalhadores devidamente registrados.

De acordo com a entidade, com os resultados de novembro as MPEs devem fechar o ano com um impacto na geração de empregos superior às médias e grandes empresas. “Foram 11 meses de resultados positivos, alcançando uma média mensal que ultrapassa a casa dos 100 mil novos postos de trabalho. Desde o início de 2012 as empresas com até 99 funcionários criaram mais de 1,13 milhões de empregos, enquanto que as médias e grandes empresas foram responsáveis pela geração de pouco mais de 286 mil postos de trabalho”.

Motivos
O principal motivo dos micro e pequenos empreendimentos serem os principais empregadores no Brasil é devido ao crescimento do consumo da classe média.

Outro motivo, de acordo com Luiz Barretto, presidente do Sebrae, é a mudança do perfil do empreendedor brasileiro. "Antes ele abria um negócio próprio por necessidade, por não encontrar emprego. Hoje, a cada três pessoas que iniciam um empreendimento, duas o fazem por uma oportunidade de negócio. Isso muda completamente a característica do empreendedorismo no País e reflete diretamente na qualidade da gestão empresarial, permitindo a entrada desses empreendedores nos mais diversos setores econômicos”.